País

PJ detém homem condenado por prestar apoio ao Daesh

PJ detém homem condenado por prestar apoio ao Daesh
DR
O detido vai cumprir uma pena de prisão efetiva de oito anos e seis meses.

Um homem guineense foi detido pela Unidade Nacional Contra-Terrorismo, da Polícia Judiciária (PJ), no Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa. O detido tinha sido condenado por promover a organização terrorista do Daesh. Vai agora cumprir oito anos e seis meses de prisão efetiva.

Segundo o comunicado da PJ, as autoridades procediam ao cumprimento de um mandado de detenção emitido pelo tribunal português. O homem foi condenado por “prestar relevante apoio logístico e financeiro a outros indivíduos que integram o movimento de combatentes terroristas do Estado Islâmico [Daesh], conhecidos por ‘FTF Foreign Terroist Fighters’”.

Apesar dos factos pelos quais foi condenado se reportarem aos anos entre 2013 e 2015, o processo transitou em julgado no final de julho deste ano, data em que foi emitido o mandado.

As autoridades portuguesas identificaram, “após diversas diligências de investigação e de cooperação internacional”, que o homem estava em Guiné-Bissau, “país de onde é natural”. Foi trazido para Portugal, “onde se procedeu à sua detenção”.

O detido foi “conduzido ao Estabelecimento Prisional Anexo à Polícia Judiciária, para cumprimento da pena de prisão em que tinha sido condenado”, pode ainda ler-se.

Últimas Notícias
Mais Vistos