País

Nuno Melo desafia Governo a não cobrar IVA sobre alimentos

Loading...

O líder do CDS deixou ainda críticas à gestão da Saúde e dos incêndios florestais.

O presidente do CDS criticou, este domingo, a demora na substituição da ministra da Saúde. Na véspera da apresentação do plano de apoio social, Nuno Melo desafiou também o Governo a não cobrar IVA, temporariamente, sobre os alimentos a descer o imposto na eletricidade e nos combustíveis.

O desafio foi feito no encerramento dos trabalhos da Escola de Quadros do CDS e da Juventude Popular. Na eletricidade e nos combustíveis, Nuno Melo optou por não especificar as percentagens da descida, que defende para o imposto.

Na Saúde, o presidente do CDS dá um cartão vermelho ao Governo, dizendo que “não é aceitável” que seja Marta Temido possa decidir sobre o “diploma que regula a nova direção executiva do Serviço Nacional de Saúde que já não vai dirigir”.

Nuno Melo fez ainda duras criticas à gestão dos incêndios florestais e defendeu a criação de uma entidade reguladora para o setor agroalimentar.

Últimas Notícias
Mais Vistos