País

"Está condenado logo à partida": Montenegro antevê dificuldades para o novo ministro da Saúde

Loading...
Líder do PSD não tem confiança em bons resultados para o SNS.

O líder do PSD, Luís Montenegro, antevê muitas dificuldades para o novo ministro da Saúde, Manuel Pizarro.

Luís Montenegro não tem confiança em bons resultados para o Serviço Nacional de Saúde (SNS).

Infelizmente, o novo ministro está condenado logo à partida pelo primeiro-ministro, que foi muito claro quando da demissão da anterior ministra, ao afirmar que ia mudar o titular da pasta, mas a política ia ser a mesma.

Em declarações aos jornalistas, numa reação à indigitação de Manuel Pizarro para ministro da Saúde, substituindo a demissionária Marta Temido, o presidente do PSD perspetivou que o novo titular da pasta vai ter "muitas dificuldades" e mostrou "pouca confiança em que vá conseguir obter bons resultados".

Segundo Luís Montenegro, o novo ministro da Saúde "está condenado a seguir uma política que trouxe como resultado mais portugueses sem médico de família, caos nas urgências, sobretudo nas de obstetrícia e ginecologia, e uma incapacidade do Serviço Nacional de Saúde (SNS) de dar resposta a muitas solicitações de consultas de cirurgias de tratamentos".

Últimas Notícias
Mais Vistos