País

Homem que atingiu a tiro criança no Almada Fórum fica em prisão preventiva

Homem que atingiu a tiro criança no Almada Fórum fica em prisão preventiva
Choochart Choochaikupt / EyeEm
Suspeito está indiciado por seis tentativas de homicídio.

O homem suspeito de atingir a tiro uma criança no centro comercial Almada Fórum, no sábado, ficou em prisão preventiva e está indiciado por seis tentativas de homicídio, anunciou esta quarta-feira a Procuradoria da República da Comarca de Lisboa.

A medida de coação, a mais grave prevista na lei, foi aplicada após o primeiro interrogatório judicial, que decorreu na terça-feira, refere a nota divulgada no 'site' da comarca, indicando que o processo está em segredo de justiça.

"Os factos indiciam que [...] o arguido, ao cruzar-se com um casal acompanhado dos filhos, trocou palavras e provocações. De seguida, o arguido, munido de uma arma de fogo, seguiu o casal e, após nova troca de palavras, retirou a arma da bolsa e disparou-a pelo menos duas vezes, tendo uma das balas atingido uma menor", descreve o comunicado.

No sábado, fonte da PSP tinha já indicado que uma menina de cinco anos tinha sido atingida no joelho, pelo que foi transportada para o Hospital Garcia de Orta, também no concelho de Almada (distrito de Setúbal) pelas 22:00.

Após os disparos, diz a Procuradoria da República da Comarca de Lisboa, o homem "colocou-se em fuga, tendo sido mais tarde intercetado pela PSP". Além de estarem em causa seis crimes de homicídio qualificado na forma tentada, o arguido está indiciado de um crime de detenção de arma proibida.

O Ministério Público de Almada, do Departamento de Investigação e Ação Penal da Comarca de Lisboa, prossegue com a investigação, coadjuvado pela Polícia Judiciária.

Últimas Notícias
Mais Vistos