País

Um milhão de euros para cientistas que revolucionaram transplantes da córnea

Loading...
Prémio Champalimaud de Visão foi entregue esta quinta-feira.

O prémio Champalimaud de Visão deste ano distinguiu dois cientistas que revolucionaram os transplantes da córnea.

Foram entregues na tarde desta quinta-feira ao sueco Claes Dohlman e ao neerlandês Reerri Melle pelas mãos do Presidente da Assembleia da República, Augusto Santos Silva.

O transplante de córnea artificial foi realizado, pela primeira vez, por Claes Dohlman, com 100 anos de idade. É premiado conjuntamente com Gerrit Melles, que veio mais tarde revolucionar o tratamento cirúrgico da doença.

Receberam um milhão de euros dividido por ambos. O prémio Champalimaud é um incentivo para melhorar cada vez mais as técnicas cirúrgicas minimamente invasivas.

Últimas Notícias
Mais Vistos