País

Professores do 1º ciclo e educadores de infância em protesto contra discriminação laboral

Loading...
Movimento de Professores em Monodocência vai manifestar-se nas cerimónias oficiais do 5 de Outubro.

O Movimento de Professores em Monodocência vai manifestar-se nas cerimónias oficiais do 5 de Outubro. Estes docentes queixam-se de discriminação laboral e reivindicam uma redução da carga horária.

Os educadores de infância e os professores do primeiro ciclo podem requerer a redução da componente letiva, mas apenas quando completam 60 anos de idade. Até lá trabalham mais cerca de 7 horas por semana que os colegas do segundo e terceiro ciclos e do secundário.

A luta contra o fim desta descriminação tem tido mais visibilidade desde que a causa foi adotada pelo movimento fundado por duas professoras. Já fizeram vigílias e já preparam os cartazes para um protesto em Lisboa no feriado do 5 de Outubro.

A justiça desta luta até já foi reconhecida pelo primeiro-ministro António Costa, mas o problema continua por resolver. Os milhares de educadores que se encontram nesta situação exigem ser compensados com uma redução dos tempos letivos em função da idade.

Últimas Notícias