País

Universitários na prisão: Pedro e "Rúben" voltam a estudar enquanto cumprem pena

Loading...

Fazem parte dos 130 reclusos portugueses que frequentam o ensino superior.

Nas prisões portuguesas há 130 reclusos a frequentar o ensino superior. A SIC foi conhecer a história de dois reclusos que decidiram voltar a estudar.

Numa cidade com milhares de estudantes no ensino superior, há 18 em condições totalmente diferentes: tiram o curso enquanto cumprem pena no estabelecimento prisional

Um está a entrar no primeiro ano da licenciatura, o outro a começar o último. Pedro e “Rúben” (nome fictício) decidiram estudar e têm ideias muito claras sobre as dificuldades que os esperam.

Detido há mais de uma década, Pedro tem planos bem definidos para o futuro. Já “Rúben”, reencontrou na prisão o gosto por estudar, depois de ter abandonado a escola no décimo ano

Em todo o país há, este ano, 130 reclusos a frequentar cursos superiores, num universo de 2.700 que estão a estudar em todos os graus de ensino. Nas prisões portuguesas há ainda mais 1.100 pessoas inscritas em ações de formação profissional.

Últimas Notícias
Mais Vistos