País

Homem tentou entrar em Portugal com 20 mil doses de cocaína "junto ao corpo"

Aeroporto Humberto Delgado, Lisboa.
Aeroporto Humberto Delgado, Lisboa.
Horacio Villalobos

A PJ deteve o cidadão estrangeiro que tentou entrar no país mais dois homens que tinham como missão distribuir a droga.

A Polícia Judiciária deteve três homens que tentavam introduzir uma grande quantidade de cocaína em Portugal, tendo um deles transportado a droga de avião desde um país da América Latina "meticulosamente dissimulada junto ao corpo", indicou hoje a PJ.

Em comunicado, a Polícia Judiciária refere que aos três detidos, entre os 24 e os 39 anos e dois deles residentes em Portugal, recaem fortes suspeitas da prática do crime de tráfico ilícito de estupefacientes.

Segundo a PJ, as detenções ocorreram na sequência de diligências desenvolvidas pela Polícia Judiciária após a deteção, por parte da Autoridade Tributária e Aduaneira, no aeroporto internacional de Lisboa, de "quantidade significativa de cocaína que um dos detidos transportou por via aérea desde um país da América Latina meticulosamente dissimulada junto ao corpo".

A PJ refere que os dois outros detidos tinham por missão rececionar o estupefaciente em Portugal e proceder posteriormente à sua posterior distribuição, estupefaciente esse que foi apreendido e que, caso tivesse chegado aos circuitos ilícitos de distribuição, seria suficiente para a composição de pelo menos 20.000 doses individuais.

A Polícia Judiciária refere ainda que os detidos foram hoje de manhã presentes ao juiz de instrução para aplicação das medidas de coação, que não foram ainda reveladas.

Últimas Notícias