País

"Há mais pessoas sem duas refeições completas todos os dias" em Portugal

Loading...

O Banco Alimentar contra a Fome ajuda, atualmente, cerca de 400 mil famílias em Portugal.

O Banco Alimentar contra a Fome tem recebido cada vez mais pedidos de ajuda de famílias e instituições. O aumento generalizado dos preços dos alimentos está a ter um impacto na população mais carenciada que, em muitos casos, não consegue assegurar duas refeições por dia.

Os números da Pordata indicam que Portugal tem quase dois milhões da população em risco de pobreza.

Após dois anos marcados pela pandemia, há agora um novo fator de instabilidade que veio agravar as condições dos mais carenciados. a guerra na Europa e a consequente subida da inflação.

À SIC, a presidente do Banco Alimentar, Isabel Jonet, admite um acréscimo de pedidos de ajuda por parte de instituições, que não conseguem suportar as faturas da energia e dos produtos alimentares, como é o caso dos lares.

O Banco Alimentar contra a fome ajuda, atualmente, cerca de 400 mil famílias em Portugal. A próxima campanha de recolha de alimentos acontece dia 26 e 27 de novembro.

Últimas Notícias