País

PSD inicia jornadas parlamentares com Carlos Moedas como convidado

PSD inicia jornadas parlamentares com Carlos Moedas como convidado
Horacio Villalobos/Getty Imagens

O líder do PSD, Luís Montenegro, que não é deputado, vai marcar esta segunda-feira presença no jantar-conferência das jornadas

O PSD inicia esta segunda-feira jornadas parlamentares, que decorrem até terça-feira na Assembleia da República, centradas no Orçamento do Estado, e que terão entre os convidados o autarca de Lisboa Carlos Moedas e o socialista Álvaro Beleza.

"Estas jornadas procuram, por um lado, consolidar o posicionamento e as críticas do PSD face ao Orçamento do Estado e à política económica e social do Governo, mas também o que serão as nossas propostas em sede legislativa afirmando as oito prioridades que o PSD já anunciou", explicou o líder parlamentar Joaquim Miranda Sarmento, em declarações aos jornalistas na sexta-feira, numa antecipação da iniciativa, que terá por lema "Acreditar em Portugal".

O líder do PSD, Luís Montenegro, que não é deputado, vai marcar esta segunda-feira presença no jantar-conferência das jornadas, no qual será orador convidado o presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Carlos Moedas, pouco depois de ambos estarem juntos numa outra iniciativa (do PSD-Lisboa) destinada a assinalar o primeiro ano de mandato autárquico na capital, pelas 18:00.

Na terça-feira, caberá a Montenegro encerrar as jornadas parlamentares do PSD, numa intervenção prevista para as 12:45, num dia em que também terá agenda enquanto decorrem as jornadas parlamentares do partido, reunindo-se às 10:00 com a União das Misericórdias Portuguesas, em Lisboa.

A agenda das jornadas

Esta segunda-feira, as jornadas parlamentares do PSD arrancam pelas 15:00, com discursos do líder parlamentar, Joaquim Miranda Sarmento, e do secretário-geral, Hugo Soares.

Segue-se uma sessão sobre "A evolução da economia portuguesa em 2023", que terá como oradora Cristina Casalinho, ex-presidente da Agência de Gestão da Tesouraria e Dívida Pública (IGCP) entre 2014 e 2022.

A professora universitária Cláudia Reis Duarte fará a intervenção na segunda palestra da tarde, sobre política fiscal para o próximo ano.

Tal como nas restantes sessões, no jantar-conferência com Carlos Moedas só será aberta à comunicação social a intervenção do orador, sendo fechado o debate com os deputados que se seguirá.

Na terça-feira, o convidado da primeira sessão das jornadas do PSD é o presidente da Associação para o Desenvolvimento Económico e Social (SEDES), médico e membro da Comissão Política do PS, Álvaro Beleza, que falará sobre "A saúde no Orçamento do Estado".

Segue-se uma intervenção do professor universitário Jorge Bravo sobre trabalho e segurança social no OE2023, antes do encerramento das jornadas, a cargo de Joaquim Miranda Sarmento e de Luís Montenegro.

As primeiras jornadas parlamentares sob a liderança de Luís Montenegro

O PSD já anunciou que votará contra a proposta de Orçamento do Estado para o próximo ano e apresentou, ainda antes de o Governo entregar o diploma no parlamento, oito prioridades que passam, entre outras, pela redução do IRS até ao sexto escalão, pela fixação de uma taxa máxima neste imposto de 15% para jovens até 35 anos, a par da redução do IRC e do alargamento da oferta na área das creches e da saúde, através de contratualização com privados.

Estas serão as primeiras jornadas parlamentares dos sociais-democratas sob a liderança do partido de Luís Montenegro e da bancada de Joaquim Miranda Sarmento.

As últimas jornadas parlamentares do PSD realizaram-se em junho do ano passado, em Portalegre, ainda com Rui Rio como presidente e Adão Silva como líder da bancada.

Últimas Notícias
Mais Vistos