País

Mulheres recebem reformas 40% mais baixas que os homens

Loading...

Os salários das mulheres ainda são 21% mais baixos que os dos homens.

As mulheres continuam a ser prejudicadas no mercado de trabalho e quando saem do mercado de trabalho. Os recentes dados indicam que as mulheres reformam-se mais tarde que os homens e recebem um valor baixo quando comparado com os homens. A média é de 450 euros mensais, de acordo com os dados oficiais em anexo ao Orçamento do Estado.

Os dados reportam ao período entre 2011 e 2021, uma década em que pouco se evoluiu, visto que as disparidades de género nas reformas é muito evidente.

Os dados referentes ao ano passado indicam que as mulheres recebem valor 40% inferiores aos auferidos pelos homens e a média foi de 450 euros mensais. No mesmo ano, os homens receberam pensões no valor de 746 euros.

Os dados da Segurança Social não representam utentes da Caixa Geral de Aposentações, que serve os funcionários da Administração Pública, como refere o Jornal de Notícias.

As conclusões do estudo do Relatório sobre a Sustentabilidade Financeira da Segurança Social entregue com o OE para 2023 revelam que os salários dos homens são 21% superiores aos das mulheres, que têm carreiras contributivas mais curtas.

A diferença entre salários de homens e mulheres já foi maior, na última década diminuiu de 26% para 21%.

Últimas Notícias
Mais Vistos