País

"Tenho 38 anos de trabalho como ajudante de ação educativa e recebo o ordenado mínimo"

Loading...

O setor social está em greve durante 24 horas.

Os trabalhadores do setor social cumprem esta sexta-feira uma greve de 24 horas para exigirem aumentos salariais, o cumprimento de horários de trabalho e redução para as 35 horas semanais.

As atualizações salariais que têm sido introduzidas são "muito reduzidas" e não correspondem à valorização do trabalho, nem ao combate à inflação e ao custo de vida, denuncia a federação de sindicatos.

Os trabalhadores reuniram-se à porta do Ministério do Trabalho, onde decorria uma reunião com as Misericórdias em que estava a ser discutido um aumento salarial de 3 euros.

Últimas Notícias
Mais Vistos