País

Adriano Moreira, o político que atravessou a ditadura e a democracia

Loading...
Uma das figuras de maior longevidade na política, que fez a passagem da ditadura para a democracia, foi ministro do Ultramar, presidente do CDS e professor universitário, morreu hoje aos 100 anos.

Adriano Moreira morreu esta manhã aos 100 anos, confirmou à SIC fonte do CDS-PP. Era a personalidade política mais velha do país.

Foi ministro do Ultramar no período de Estado Novo entre 1961 e 63 e já em democracia, assumiu funções como presidente do CDS entre 1986 e 88.

Adriano José Alves Moreira nasceu em Grijó, Macedo de Cavaleiros, no distrito de Bragança, em 06 de setembro de 1922.

Últimas Notícias
Mais Vistos