País

Padre suspeito de tráfico de pessoas e abuso sexual em Vila Nova de Foz Côa

Loading...

O padre de 63 anos era tutor da vítima.

A Polícia Judiciária deteve um padre suspeito de tráfico de pessoas e de abuso sexual em Vila Nova de Fôz Coa. A vítima é um homem de 44 anos com deficiência cognitiva de quem o padre cuidava.

O padre de 63 anos tem sido, nos últimos cinco anos, tutor da vítima por decisão judicial. Ao homem de 44 anos terá dado teto, alimentação e trabalho, mas alegadamente também exigia serviços que, se a vítima recusasse, ficaria trancada.

Sem apoio familiar, a vítima foi acolhida pelo padre que o alojou numa casa da paróquia, na pequena aldeia de Horta do Douro.

A população da pequena aldeia de Numão, concelho de Vila Nova de Foz Côa diz estar surpreendida. Ainda assim, a relação de proximidade entre os dois era conhecida pela aldeia.

A denúncia de abuso sexual chegou à Polícia Judiciária através de uma associação de apoio às vítimas de tráfico de seres humanos que teve conhecimento do caso.

Ao que a SIC apurou, as fontes ligadas à investigação, a vítima chegou a ponderar suicidar-se e terá conseguido contar o que se passava a um familiar que terá dado o alerta.

A diretoria do Norte da PJ fez várias buscas domiciliárias e teve acesso a mensagens de telemóvel que apontam para fortes indícios da prática do crime.

A vítima está internada num centro de acolhimento e o padre será ouvido pelo tribunal de Matosinhos na sexta-feira.

Últimas Notícias
Mais Vistos