País

Lancha rápida da GNR usada no combate ao tráfico de droga foi roubada no Algarve

Loading...

Cais estava fechado ao público. Roubo acontece após várias apreensões de droga.

Uma lancha rápida da GNR usada no combate ao tráfico de droga foi roubada na quarta-feira, em Vila Real de Santo António, no Algarve. Ainda não foi recuperada.

É um semirrígido de 10 metros. Às seis da manhã de quarta-feira, quando uma patrulha da Unidade de Controlo Costeiro saiu em direção ao Guadiana, estava atracada no cais da GNR. Uma hora depois quando os militares regressaram tinha desaparecido.

Em Portugal, a GNR avançou com diligências para a localizar, tal como a guardiã civil, do lado de Espanha.

Mais de 24 horas de depois, já a meio da manhã desta quinta-feira, a embarcação de alta velocidade, chamada Alcoutim, ainda não tinha sido recuperada,

Em comunicado, a GNR acrescenta que o cais, de uso exclusivo da guarda, estava fechado e vedado ao público. O acesso era apenas possível por via marítima, pelo porto de pesca.

As diligências em curso passam também por tentar descobrir alguém que tenha visto ou suspeitado de algum movimento.

O desaparecimento do semirrígido acontece precisamente poucos dias depois das autoridades terem apreendido, no Algarve, cerca de 12 toneladas de droga, em diferentes operações, todas seguidas.

Últimas Notícias
Mais Vistos