País

Derrocada em Esposende: vítima mortal de 22 anos estava grávida

Loading...

A Câmara diz não ter recebido qualquer alerta sobre situações de risco.

Na madrugada de quarta-feira, um deslizamento de terras na freguesia de Palmeira de Faro, em Esposende, fez duas vítimas mortais. A movimentação de terras, que aconteceram num terreno próximo durante o verão, podem ter contribuído para este fenómeno.

Após vários dias de chuva intensa na região do Minho, os terrenos cederam e as pedras de grande dimensão caíram sobre a casa.

Das seis pessoas que estavam no interior da moradia, quatro saíram com vida. O casal de 22 anos que estava a dormir no primeiro andar, não sobreviveu. Sabe-se agora que a mulher estava grávida de seis meses.

Em comunicado, a Câmara de Esposende esclarece que não recebeu qualquer alerta do proprietário quanto a eventuais situações de risco e acrescenta que o processo de licenciamento da casa decorreu com normalidade.

Os serviços sociais do município estão a acompanhar a família afetada, bem como os moradores de habitações vizinhas que foram aconselhados a passar os próximos dias em casa de familiares, devido ao risco de novos deslizamentos.

Últimas Notícias
Mais Vistos