País

Casal de idosos despejados vão viver para a Covilhã

Loading...

Os dois idosos vão ter alta esta quinta-feira do hospital psiquiátrico onde foram internados no início deste mês, as razões são desconhecidas.

O casal de idosos, que ficou sem casa há três meses vai ter alta do hospital psiquiátrico e vai morar na Covilhã. Depois de terem recusado a ajuda dada pela Santa Casa da Misericórdia, o casal decidiu voltar à terra natal.

O casal viveu na rua quase três meses, desde que foi despejado do prédio onde vivia e que vai ser transformado em alojamento local.

Um dia depois da reportagem da SIC, o Presidente da República foi ter com o casal à Gare do Oriente, onde passavam as noites. Tentou convencê-los a ir para uma residência assistida, como propunha a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa. Mas tal não aconteceu: Maria José e José Alberto mantiveram-se irredutíveis.

O Presidente da República voltou à Gare do Oriente, dias depois, para tentar convencê-los a aceitar outra solução, mas, novamente, sem sucesso. O casal teria receio de ser separado e levado para asilos. Estavam a tentar alugar uma casa, na Covilhã, de onde a mulher de 77 anos é natural.

O casal decidiu agora voltar para a terra natal de Maria José. Ao que a SIC apurou, é um familiar que está a tratar da mudança e será quem vai assegurar a viagem até à Covilhã.

Maria José e José Alberto deverão ficar temporariamente numa casa paroquial de Verdelhos. O objetivo é recuperar entretanto a casa que Maria José lá têm para que depois se possam mudar.

A Santa Casa da Misericórdia de Lisboa avançou à SIC que vai continuar a apoiar e acompanhar o casal através do familiar.

Últimas Notícias