País

Empresa investiu milhões numa central solar, mas não a pode usar - e não é caso único

Loading...

Burocracia está a atrasar o processo de licenciamento de várias empresas.

O Governo promete simplificar os processos de licenciamento para a instalação de energias renováveis. Há empresas que esperam há anos pela aprovação dos projetos parados por causa da burocracia.

É o caso da HYCHEM, empresa de produtos químicos na Póvoa de Santa Iria, que investiu milhões de euros na instalação da central solar que não pode ainda usa porque continua à espera da licença. O processo foi submetido em 2020, antes do início da guerra na Ucrânia, mas a autorização tarda em chegar.

A Comissão Europeia já alertou para a necessidade de agilizar os processos de licenciamento, numa altura em que as renováveis ganham importância para reduzir a dependência energética da Rússia.

Para dar resposta ao problema da burocracia que está a atrasar este e outros projetos nos país, o Governo incluiu no Simplex a eliminação da licença ambiental para a produção de hidrogénio verde.

Últimas Notícias
Mais Vistos