País

Manuel e João percorreram mais de 20 quilómetros em busca de inovação tecnológica

Loading...

Dois jovens engenheiros portugueses partiram rumo ao sudeste africano à procura de uma perspetiva diferente do continente: a inovação tecnológica.

Manuel e João conheceram-se no primeiro ano do curso de Engenharia Eletrónica e Computadores do Instituto Superior Técnico, mas foi a paixão por viajar que os levou a embarcar juntos numa nova aventura. Numa altura em que tinham terminado o mestrado, quiseram sair da bolha e mergulhar numa região desconhecida: o sudeste africano.

“A nossa ideia era também dar um bocadinho de conhecimento às pessoas acerca da inovação, da sustentabilidade, da tecnologia que está presente na zona para onde fossemos. O sudeste africano, ou África, sendo talvez o continente menos conhecido pelos europeu, fez logo todo o sentido”, diz Manuel.

"A ambos nos atrai muito o desconhecido, é através daquilo que menos conhecemos que mais temos a ganhar, e que mais nos tem a dar a ensinar, e também onde mais nós se calhar podemos contribuir", acrescenta João.

O Projeto Prá Frente surgiu da ideia em participar no concurso Gap Year Portugal e da vontade em conhecer e partilhar uma perspetiva diferente de África.

Com os olhos postos no futuro africano, os dois jovens de 25 anos venceram o concurso e ganharam um prémio no valor de 6.500 euros. De novembro a julho, do Cairo à Cidade do Cabo, viajaram por 12 países do sudeste africano, entre lazer e voluntariado ligado à educação e à inovação.

Últimas Notícias
Mais Vistos