País

Mãe e filha são as vítimas mortais do acidente perto de Beja

Mãe e filha são as vítimas mortais do acidente perto de Beja
Teixeira Correia

Entre cinco os feridos o mais grave é o caso de um homem de 30 anos e os ligeiros são quatro crianças. As vítimas mortais, mãe e filha, seguiam no mesmo carro.

Duas mulheres, mãe e filha, são as vítimas mortais da colisão entre cinco veículos ocorrida este sábado no Itinerário Principal 2 (IP2), no concelho de Beja, com mais cinco feridos, incluindo quatro crianças, revelaram os bombeiros.

Contactado pela agência Lusa, o comandante dos Bombeiros de Beja, Pedro Barahona, indicou que as vítimas mortais do acidente são duas mulheres, mãe e filha, uma na casa dos 60 anos e a outra na dos 40, que seguiam no mesmo carro.

Quanto aos feridos, adiantou, o mais grave é um homem na casa dos 30 anos e os ligeiros são quatro crianças, cuja idade não soube precisar e que eram todas passageiras de um dos cinco veículos ligeiros envolvidos no acidente.

Loading...

O alerta do acidente foi dado às 19:10 e ocorreu ao quilómetro 334 do IP2, entre Beja e São Matias. Segundo o comandante da corporação alentejana, a colisão envolveu cinco veículos: quatro ligeiros de passageiros e um ligeiro de mercadorias.

Inicialmente, o Comando Sub-Regional de Emergência e Proteção Civil do Baixo Alentejo deu conta de que o acidente envolveu quatro veículos, mas, depois de novamente contactado pela Lusa, corrigiu a informação inicial para cinco, quatro ligeiros de passageiros e um ligeiro de mercadorias.

Os cinco feridos foram encaminhados pelos bombeiros para as urgências do hospital de Beja, enquanto os corpos das vítimas mortais foram transportados para os serviços de medicina legal da mesma unidade hospitalar, adiantou Pedro Barahona.

O Comando Territorial de Beja da GNR, contactado pela Lusa, informou que, por volta das 22:30, devido ao acidente, o troço do IP2 entre a chamada rotunda da Força Aérea, junto à capital do Baixo Alentejo, e São Matias, continuava cortado ao trânsito, prevendo-se a reabertura para as 00:30 de domingo.

As operações de socorro mobilizaram os Bombeiros de Beja e Cuba, a GNR, o Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) e a concessionária do IP2, com um total de 26 operacionais e 13 veículos.

A viatura médica de emergência e reanimação (VMER) de Beja e a ambulância de Suporte Imediato de Vida (SIV) de Moura estão entre os veículos mobilizados para o socorro às vítimas.

Últimas Notícias
Mais Vistos