• EUA acusam Maduro de ameaçar partidos para "consolidar ditadura" na Venezuela

    Mundo

    Os Estados Unidos acusaram na segunda-feira o Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, de ameaçar os partidos venezuelanos para "consolidar regime autoritário. A tentativa de Maduro de proibir os partidos da oposição, nas (próximas) eleições presidenciais, é outra medida extrema para fechar o espaço democrático na Venezuela e consolidar o poder do seu regime autoritário", escreveu a porta-voz do Departamento de Estado norte-americano na conta da rede de mensagens instantâneas Twitter.

  • Maduro reclama vitória nas autárquicas que deixou de fora oposição

    Mundo

    Mais de nove milhões de eleitores participaram nas eleições municipais de domingo na Venezuela, anunciou o Conselho Nacional Eleitoral (CNE). O Presidente da Venezuela, Nicolas Maduro, anunciou que o chavismo (regime do antigo Presidente Hugo Chávez, que morreu em 2013), conquistou mais de 300 das 335 câmaras municipais do país, incluindo Maracaibo, Barquisimeto, Valência, Maturín, Barcelona, Puerto La Cruz e Cidade Bolívar.

  • Urnas abriram na Venezuela, Maduro já votou

    Mundo

    As urnas para as eleições da Assembleia Constituinte na Venezuela abriram hoje às 06:00 horas locais (11:00 horas em Lisboa), num sufrágio marcado pela polémica e que está a ser alvo de protestos da oposição do país.

  • Oposição considera que Assembleia Constituinte será o fim de Maduro

    Mundo

    A oposição venezuelana considera que a convocatória para a Assembleia Constituinte, cuja eleição acontece este domingo, será o fim do Presidente Nicolás Maduro. A Assembleia Nacional Constituinte (ANC), com a qual o Governo quer mudar a Constituição para reforçar a "revolução", vai ser eleita apenas com a participação dos apoiantes do regime e entre uma vaga de protestos contra o Governo, além da rejeição de boa parte da comunidade internacional.

  • Polémica marca votação de membros da Assembleia Constituinte

    Mundo

    Mais de 19,8 milhões de venezuelanos estão convocados para acudir às urnas neste domingo, para eleger os membros da Assembleia Constituinte, impulsionada pelo Presidente Nicolás Maduro para modificar e incorporar elementos essenciais da atual Constituição.

  • Socialistas vão tomar Venezuela no dia 1 de setembro

    Mundo

    O Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV), o do partido do Governo do Presidente Nicolás Maduro, anunciou esta segunda-feira que convocou os militantes para realizem uma "tomada da Venezuela" no próximo dia 1 de setembro.