• Ex-espião Silva Carvalho relata em livro práticas ilícitas

    País

    O ex-diretor do Serviço de Informações Estratégicas e de Defesa Silva Carvalho, condenado em 2016 por violação do Segredo de Estado, assume práticas ilícitas enquanto operacional das secretas portuguesas, num livro que vai ser publicado na próxima sexta-feira.

  • "Superespião" condenado

    País

    Violação de segredo de Estado, abuso de poder e acesso ilegítimo a dados. Jorge Silva Carvalho, antigo diretor do Serviço de Informações Estratégicas de Defesa, foi hoje condenado a 4 anos e 6 meses de prisão com pena suspensa no "caso das secretas".