22|01

Frente-a-frente. As medidas do estado de emergência 

No frente-a-frente deste domingo na SIC Notícias, António Saraiva, presidente da CIP, e Paula Franco, bastonária da Ordem dos Contabilistas Certificados. 

O recolher obrigatório durante a semana à noite e aos fins de semana nos 121 concelhos mais afetados é uma das medidas anunciadas pelo Governo para o estado de emergência. Num frente-a-frente na SIC Notícias, António Saraiva e Paula Franco discutem estas novas medidas.

O presidente da CIP diz que as medidas devem ser coordenadas, proporcionais e racionais. António Saraiva diz que, com os números da covid-19 em Portugal, tem que concordar com as medidas, mas reconhece que "não são agradáveis" e vão ter reflexos em vários setores de atividade que "já se encontram fortemente penalizados".

"A restauração e o pequeno comércio vão ter aqui acrescidas dificuldades de sobrevivência."

Questionada sobre o equilíbrio das medidas entre a economia e saúde pública, a bastonária da Ordem dos Contabilistas diz que não á fácil, mas que em primeiro lugar está a saúde. Paula Franco confessa que não está satisfeita com as medidas do estado de emergência, pois considera que são insuficientes.

"Não vejo que estas medidas vão ter um impacto assim tão grande."