A Procuradora

"Se há tanta gente para escolher, para quê um político, um ministro?"

"Se há tanta gente para escolher, para quê um político, um ministro?"

Manuela Moura Guedes analisa as nomeações do Governo para cargos dirigentes. 

A comentadora da SIC diz que estas nomeações não são uma coisa "nova", pois "tanto faz ser do PS ou do PSD".

  • O novo templo da maçonaria portuguesa 
    6:09