Aqui há História

À descoberta de Dago, o destroço mais visitado em mergulho de profundidade

À descoberta de Dago, o destroço mais visitado em mergulho de profundidade

Em 1942, em plena Segunda Guerra Mundial, um bombardeiro alemão afundou o cargueiro britânico Dago, ao largo do Cabo Carvoeiro. Um episódio a que Salazar pouco ligou, apesar dos protestos de Londres. Os destroços do navio, a 50 metros de profundidade, tornaram-se os mais visitados do mergulho técnico em Portugal. O "Aqui Há História" leva-o até lá.

  • Sporting estreia-se com derrota na Liga Europa

    Liga Europa 2019/2020

    "Leões" perderam por 3-2 com o PSV, na Holanda.