Casos de Polícia

"Cada vez mais a força dos afetos prevalece sobre a força da biologia"

"Cada vez mais a força dos afetos prevalece sobre a força da biologia"

O psicólogo forense Mauro Paulino e a advogada Anabela Quintanilha estiveram esta terça-feira no Jornal da Noite, da SIC, onde analisaram os casos de Esmeralda e Alexandra, com a luta na justiça entre família biológica e afetiva.  

A avogada de Direito de Família diz que estes casos são "extremos", mas não "inéditos": "são casos que acontecem com alguma regularidade em Portugal". Anabela Quintanilha assinala também que aquilo que aconteceu há 10 anos "já não está mais no mesmo quadro jurídico".

"Felizmente, os laços afetivos têm sido à face da lei mais valorizados e mais integrados."

O psicólogo forense considera que "cada vez mais, a força dos afetos prevalece sobre a força da biologia".

"A ligação que se estabelece com uma criança passa pelos cuidados que se presta a essa criança."

Mauro Paulino pede ainda uma discussão sobre o que o contributo da ciência psicológica pode trazer a estas matérias.