Casos de Polícia

Os contornos macabros do homicídio da freira de São João da Madeira

Os contornos macabros do homicídio da freira de São João da Madeira

Mandado de detenção, emitido três dias antes do crime, podia ter evitado a morte e violação de Antónia Guerra.

António Guerra, conhecida pelos habitantes como irmã Tona, foi morta e violada há um mês em São João da Madeira. O crime, com contornos macabros, assume outra dimensão, porque o alegado violador - que estava em liberdade condicional depois de ter cumprido pena por violação - já tinha um outro mandado de detenção, que não foi executado a tempo.