Contas Poupança

Complemento de estabilização. O que é, como funciona e quanto vai receber

Complemento de estabilização. O que é, como funciona e quanto vai receber

Um apoio financeiro para quem esteve em lay-off.

Na rubrica "Vencer a crise", a SIC dá-lhe dicas financeiras para o ajudar a ultrapassar a crise financeira e explicar-lhe os vários apoios do Estado que tem disponíveis.

Nesta reportagem, mostramos como funciona o Complemento de Estabilização para quem esteve em lay-off e quanto vai receber este mês.

Abrangidos por este apoio estão todos os trabalhadores que esiveram em lay-off durante abril, maio ou junho e que recebem mais do que o salário mínimo nacional e menos de dois salários mínimos. Ou seja, que têm um salário base - sem contar com extras nem subsídio de alimentação - acima de 635 euros e até 1.270 euros. Sempre brutos.

Quem recebe apenas o salário mínimo nacional, não tem direito porque não teve cortes no salário base, apesar do lay-off.