Investigação SIC

Petroleiro venezuelano retido no Tejo há mais de um ano e meio

Investigação SIC

Petroleiro venezuelano retido no Tejo há mais de um ano e meio

Navio está arrestado entre o Terreiro do Paço e Santa Apolónia.

Há mais de um ano e meio que um petroleiro ao serviço da petrolífera estatal da Venezuela está parado, no rio Tejo, como noticiou o Diário de Notícias em Novembro. A tripulação mantém-se a bordo por razões de segurança.

Existem pelo menos dois processos de arresto para este navio, no tribunal marítimo de Lisboa sem sinais de avanço. Mas não é caso único.

A SIC descobriu mais dois petroleiros que estão parados desde o início de 2017, na Lisnave, em Setúbal.

  • Norte ou Sul? Roteiro em Peso da Régua e em Cuba
    9:34