Investigação SIC

Dois anos depois da queda de uma avioneta em Tires ainda há muito por fazer

Dois anos depois da queda de uma avioneta em Tires ainda há muito por fazer

Após o acidente de 2017, ainda há famílias com indemnizações por receber. 

No dia 17 de abril de 2017, uma avioneta caiu em Tires, perto da superfície comercial Lidl. O acidente provocou cinco mortos e destruiu uma casa de uma família. As vítimas mortais eram quatro ocupantes da avioneta e um camionista português que estava na zona de descargas do supermercado.

Dois anos depois, continua quase tudo na mesma. Ainda há indemnizações por pagar e a família de Maria de Fátima mantém-se em suspenso sem saber quando vai conseguir voltar a casa.

  • "Fiquei sem nada. Perdi tudo"
    2:37

    País

    A queda da avioneta em Tires desalojou nove pessoas da mesma família. João e Fátima Rosa estão agora a usar uma roulotte como base de apoio, enquanto aguardam por autorização para regressar a casa.

  • Aeronave despenha-se em Tires, cinco mortos confirmados

    País

    Uma avioneta despenhou-se esta segunda-feira junto a um supermercado em Tires, perto do aeródromo. De acordo com testemunhas oculares terá explodido em pleno voo. Pelo menos cinco pessoas morreram. Três dos ocupantes da aeronave eram franceses e o quarto era suíço.

  • "Via Sacra" em destaque na Edição da Manhã
    4:43
  • Árbitra de 18 anos agredida por treinador
    13:01
  • Eleições em Espanha: o que dizem as sondagens
    3:46