Luís Marques Mendes

Ucranianos em Setúbal: Marques Mendes fala em “desleixo das autoridades” e “falta de bom senso”

Ucranianos em Setúbal: Marques Mendes fala em “desleixo das autoridades” e “falta de bom senso”

Comentador da SIC diz que caso é “quase espionagem de guerra”.

Luís Marques Mendes classifica como grave a polemica do atendimento de refugiados ucranianos na Câmara Municipal de Setúbal por funcionários russos

Para o comentador da SIC, o episódio pode ser considerado como espionagem de guerra.

“Isto é quase espionagem de guerra […] Numa palavra acho isto grave”, diz.

No habitual espaço de comentário, diz que o caso “mostra desleixo” das autoridades e que a questão é de “natureza política”.

Pelo menos 160 refugiados ucranianos terão sido recebidos em Setúbal por Igor Khashin, que é também antigo presidente da Casa da Rússia e do Conselho de Coordenação dos Compatriotas Russos, e pela mulher, Yulia Khashin, funcionária do município setubalense.

Saiba mais:

Últimas Notícias
Mais Vistos