Polígrafo

"Sou contra a obrigatoriedade de vacinação"

Entrevista Polígrafo SIC

Ricardo Batista Leite, médico e deputado do PSD, em entrevista ao Polígrafo SIC.

A Ordem dos Médicos abriu quatro processos aos "médicos pela verdade", um grupo que contesta as medidas sanitárias para conter a pandemia.

Ricardo Batista Leite, elogia a ação da Ordem dos Médicos. "Estamos a falar de gente que está nas redes sociais a passar informação que pode colocar em risco a saúde das pessoas e ameaça a saúde pública portuguesa".

Espera que haja uma voz "muito clara" das autoridades para fique esclarecido que "este tipo de informação não é verdadeiro".

"Sou contra a obrigatoriedade de vacinação"

Ricardo Batista Leite diz que é contra a obrigatoriedade de vacinação porque "nunca foi uma boa política em nenhum país".

Considera que agora é fundamental que a Agência Europeia do Medicamento aprove a vacina e que, em conjunto com o Infarmed, "tenham uma voz muito clara" sobre as informações relevadas nos ensaios clínicos.

"Tendo em conta a ansiedade que as pessoas estão a viver, muitas delas com medo de ser vacinadas, os resultados dos laboratórios que estão a produzir as vacinas devem ser tornados públicos para que não hajam dúvidas sobre a eficácia e segurança nos vários grupos populacionais", afirma.

"Houve falhas graves no plano de vacinação contra a gripe"

Ricardo Batista Lete diz que as autoridades de saúde em Portugal "têm de perceber que as pessoas estão muito ansiosas".

Sublinha que houve falhas graves no plano de vacinação contra a gripe e que isso gerou uma "enorme desconfiança" sobre a capacidade de planeamento.

Considera que para a desconfiança desaparecer, "o plano e a logística devem ser visíveis".