Reportagem Especial

Os últimos colonos

Este domingo, no Jornal da Noite

Os últimos colonos

Na década de 50 do século passado, o Estado Novo pôs em marcha um plano de ocupação de terrenos baldios nalgumas das regiões mais deprimidas do país. A ideia era aumentar a produção agrícola de um país com evidentes carências alimentares e tentar fixar as gentes à terra.

O regime de Salazar oferecia casa, terreno de cultivo e sementes para a primeira campanha. Em troca, os colonos entregavam ao Estado a sexta parte da produção. Em Montalegre, a Junta de Colonização Interna ergueu cinco aldeias. Ricardo Bessa foi o último colono da Aldeia Nova do Barroso e, aos 88 anos, é o guardião da memória de uma dos últimos planos do Estado para tentar travar a desertificação do país.

Uma Reportagem Especial para ver no Jornal da Noite de domingo.