Reportagem Especial

"Antes que a morte nos separe"

Este sábado, no Jornal da Noite

"Antes que a morte nos separe"

Natália Cruz sofre de violência doméstica há quase 30 anos. Perdeu a conta às vezes que apresentou queixa contra o marido por agressões físicas, psicológicas e ameaças de morte a si e aos filhos. Mas perdeu a conta também às vezes que o perdoou. Agora que disse “basta”, enfrenta outra batalha, a das falhas no sistema de proteção das vítimas.

O Governo tem reforçado as medidas de prevenção e combate à violência doméstica, mas só este ano, já se contabilizam 15 mortes neste contexto: 13 mulheres, 1 homem e 1 criança de 2 anos.

Os preconceitos continuam a ter ainda um peso social grande que atravessa todas as classes sociais e profissionais - incluindo os juízes - e subjuga as mulheres, tornando-as vítimas silenciosas. Mas a consciência está a mudar.

“Antes que a morte nos separe” Reportagem Especial, este sábado, no Jornal da Noite.