Reportagem Especial

Bairro Aberto

Este sábado, no Jornal da Noite

Bairro Aberto

Chamam-lhe "bairro dos comboios amarelos" e acolhe mais de 10 por cento da população aveirense.

Construído a partir de 1983, para realojar os moradores do terrenos onde se ergue a Universidade de Aveiro, cresceu e acolheu milhares de pessoas de diferentes proveniências, credos e modos de vida: ciganos, africanos, estudantes universitários de diversos pontos do país. Nos anos 90 ganhou fama de bairro problemático, com escaramuças entre vizinhos e problemas ligados ao tráfico e consumo de droga, mas agora tenta recuperar a imagem a abrir-se à cidade. Durante três meses, investigadores da Universidade da Aveiro, associações locais e moradores deram corpo ao Laboratório Cívico do Bairro de Santiago, ideia importada de Madrid que os promotores pretendem estender a outras zonas do país. Uma Reportagem Especial para ver este sábado, no Jornal da Noite.

  • Doente deitada no chão do hospital?
    2:20