Tempo Extra

“A videoarbitragem não pode ser o caixote lixo da arbitragem“

Rui Santos diz que a figura do VAR, que aumentou o escrutínio e a verdade desportiva, não pode ser confundida com incompetência e que esta tem de ser atacada sem rodeios. O comentador da SIC defende um novo modelo de classificação e avaliação.

Veja também: