Saúde e Bem-estar

"Morre um português por hora vítima de cancro digestivo"

"Morre um português por hora vítima de cancro digestivo"

A cada hora que passa morre um português vítima de cancro digestivo. São números assustadores e que levaram a Sociedade Portuguesa de Gastrenterologia a renuir num encontro, amanhã em Lisboa, que visa analisar as diversas abordagens terapêuticas para o tratamento dos cinco tipos de cancros digestivo. Rui Tato Marinho, diretor de serviço de Gastroenterologia e Hepatologia do Hospital Universitário de Santa Maria, esteve na Edição da Manhã.

  • O novo templo da maçonaria portuguesa 
    6:09