Saúde e Bem-estar

“Adesivo” pode regenerar células do coração após ataque cardíaco

Descoberta pode salvar milhares de vidas.

Investigadores desenvolveram um “adesivo” que pode ser cosido ao coração humano para ajudar a reparar os danos causados por um ataque cardíaco. É feito de células-tronco e mede três centímetros de comprimento e dois de largura.

A amostra é criada em laboratório com as células do próprio paciente. Quando implantada no coração, liberta químicos que reparam e regeneram as células já existentes no órgão. Depois dos testes em coelhos, os testes em pessoas deverão começar dentro de dois anos.

British Heart Foundation

Os investigadores esperam que estes “adesivos” possam começar a ser propostos aos pacientes de forma rotineira. “Podíamos prescrevê-los em conjunto com medicação para alguém que sofre de insuficiência cardíaca” afirma um dos investigadores, Richard Jabbour, citado pela BBC.

“Insuficiência cardíaca é uma condição debilitante e sem cura, que dificulta muito as tarefas do dia-a-dia. Se conseguirmos consertar o coração e ajudar na cicatrização, podemos transformar as perspetivas para estas pessoas”, explica Metin Avkiran, que financiou a pesquisa.

  • O 12.º episódio do "Polígrafo SIC"
    21:36