Saúde e Bem-estar

Lavar roupa a menos de 60ºC pode transmitir bactérias resistentes a antibióticos

Sergio Perez

Descoberta foi feita depois da transmissão de uma bactéria a recém-nascidos na Alemanha.

Investigadores da Universidade de Bonn, na Alemanha, verificaram a transmissão da bactéria “Klebsiella oxytoca” a vários recém-nascidos internados na unidade neonatal de um hospital pediátrico depois dos gorros e meias que vestiam serem lavados a uma temperatura inferior a 60 graus Celsius.

A transmissão parou apenas quando foi detetada a fonte de transmissão, uma máquina de lavar roupa doméstica, entretanto retirada do hospital, que ia contra as diretrizes, que preveem a utilização de máquinas especiais e lavagens a altas temperaturas. Não é claro como a máquina foi contaminada.

À ABC, os especialistas envolvidos na investigação explicaram que a baixa temperatura torna-se menos letal para os agentes patogénicos, que podem permanecer nas máquinas de lavar domésticas. Alertam, por isso, que pessoas com feridas abertas, lesões cutâneas ou infeções utilizem desinfetantes e uma temperatura alta, para prevenir a transmissão.

Os bebés são portadores da bactéria, mas não estão infetados e, por essa razão, não apresentam sintomas. A Klebsiella Oxytoca pode originar pneumonias, infeções urinárias, gastroenterites, meningites e espondilite.