Saúde e Bem-estar

“Não podemos esquecer outras patologias que têm que ser tratadas”

Ana Figueiredo em entrevista à SIC Notícias, pneumologista e representante do Grupo de Estudos do Cancro do Pulmão.

A demora no diagnostico pode ser fatal para doentes com cancro do pulmão. Os especialistas garantem que com a pandemia os diagnósticos começaram a surgir numa fase ainda mais tardia, o que pode ser fulcral no processo decisivo de recuperação.

Para Ana Figueiredo, é fundamental que a pandemia não impeça o tratamento e diagnóstico precoce de outras patologias. Apesar de na primeira vaga ter havido a necessidade de parar consultas, garante que neste momento há mais preparação para receber os doentes.

A pneumologista pede que os doentes não tenham medo de ir às consultas e explica a necessidade da sua realização e dos exames complementares.