Saúde e Bem-estar

DGS lança manual que ajuda os pais a escolherem lanches saudáveis para os filhos levarem para a escola

A Direção-Geral da Saúde admite que o confinamento possa ter prejudicado o combate à obesidade infantil.

No dia do regresso às aulas presenciais, a Direção-Geral da Saúde (DGS) lançou um guia sobre alimentação saudável, sobretudo nos lanches.

A DGS lembra que os lanches que as crianças e jovens levam para a escola representam um quarto do consumo energético do dia e aconselha os pais a optarem pelo leite e derivados, como iogurtes e queijos, cereais e pão, fruta, hortícolas e frutos gordos, em pequenas porções e sem adição de sal.

Depois de meses de confinamento, de hábitos alimentares menos saudáveis e de menos exercício físico, o guia da Direção-Geral da Saúde alerta também para o perigo dos excessos.

  • A árdua experiência com a sustentabilidade 

    Mundo

    E se alguém lhe dissesse que passaria a viver num quarto, com eletricidade apenas para pequenos utensílios domésticos, sem aquecimento central, ar condicionado ou água quente. Teria apenas três conjuntos de roupa, sem máquina de lavar ou secar, faria dieta local sem produtos de origem animal e não andaria de automóvel nem de avião?

    Opinião

    João Abegão