Saúde e Bem-estar

Cancro do pulmão. “É extraordinariamente importante estar alerta para os sintomas”

Campanha alerta para a importância de valorizar os sintomas.

Assinalou-se no domingo o Dia Mundial do Cancro do Pulmão e, apesar de agosto ser um mês de férias, é importante não desvalorizar os sintomas. “O cancro do pulmão não tira férias” é o mote da campanha que procura alertar para a importância do diagnóstico precoce.

Fernando Barata, da Liga Portuguesa Contra o Cancro, explicou em entrevista à SIC Notícias que, quando diagnosticado numa fase inicial, a sobrevida aos cinco anos dos doentes com cancro do pulmão é de 70%, enquanto que apenas 10% dos diagnosticados numa fase mais avançada estão vivos ao fim de cinco anos.

“É extraordinariamente importante estar alerta para os sintomas”, alerta o especialista.

Para isso, é preciso estar atento a cinco sintomas: tosse, expetoração com sangue, cansaço, dor torácica e perda de apetite ou emagrecimento.

Veja também: