As revelações do príncipe Harry antes de lançar o livro de memórias

Na primeira entrevista, ao canal britânico ITV, Harry lamenta que a família real britânica não tenha mostrado qualquer vontade de reconciliação, e que tenha preferido manter Harry e Megan como “os vilões”.

Noutra entrevista, em declarações ao programa “60 Minutos” da CBS, Harry mostra-se magoado pela forma como nos últimos anos o Palácio de Buckingham não emitiu uma declaração para proteger o casal, como fez “por outros membros da família”.

Questionado sobre se tentou manter o afastamento em privado, o príncipe revelou que esse era o objetivo, mas que as “fugas de informação e histórias falsas” não o permitiram.

Entrevistas divulgadas na semana que antecede a publicação do livro do Duque de Sussex. Chama-se “Spare” e deverá abordar a educação do príncipe Harry na família real britânica e a sua jornada pessoal.

A obra de 416 páginas estará disponível em 16 idiomas, incluindo em português, que ficará a cargo da editora Penguin, com o título “Na Sombra”.

<!— netScope v4 – Begin of gPrism tag for AMPs -->