Tesouro enterrado por soldados nazis procurado em cidade holandesa

Dezenas de pessoas procuraram um

suposto tesouro enterrado por soldados

nazis alemães na cidade holandesa de Ommeren, depois de o Arquivo Nacional

dos Países Baixos ter revelado um mapa

que aparentemente indica o local.

O município de Buren, onde se situa Ommeren, no centro do país, indicou que vai agora analisar a veracidade das informações contidas no mapa, em que supostamente se revela onde estão enterradas quatro caixas cheias de joias e moedas, um aparente tesouro datado da Segunda Guerra Mundial.

O porta-voz adiantou que os caçadores de tesouros têm feito escavações em propriedades privadas, embora a polícia não tenha passado multas, limitando-se a deixar advertências e avisos para que abandonem

as áreas em que escavam.

Segundo a imprensa local, o proprietário de um terreno privado localizou um homem enterrado num buraco até ao peito que estava à procura de do tesouro.

Os caçadores de tesouros foram para Omeren com pás e detetores de metais após os arquivos nacionais neerlandeses terem revelado um mapa que aparenta mostrar o local onde soldados nazis enterraram milhões de euros em joias, relógios, ouro e diamantes roubados num banco de Arnhem, no leste dos Países Baixos.

Dado o enorme valor dos objetos (vários milhões de euros, segundo o Arquivo Nacional), o próprio Estado neerlandês tentou várias vezes localizá-los, mas sem sucesso.

Uma das teorias oficiais é que o tesouro foi desenterrado alguns dias depois pelos mesmos soldados, porque Ommeren ainda era uma área afetada pela guerra, pelo que, depois, ninguém conseguiu localizá-lo ao longo de todas as últimas décadas.

<!— netScope v4 – Begin of gPrism tag for AMPs -->