Cultura

Portugal passa a ter 17 bens inscritos no Património Mundial da UNESCO

Conheça a lista.

O Real Edifício de Mafra e o Santuário do Bom Jesus (Braga) elevaram este domingo para 17 os bens portugueses Património Mundial da UNESCO, que incluiu também o Museu Nacional Machado de Castro na área classificada da Universidade de Coimbra.

A história do Real Edifício de Mafra, Património Mundial da UNESCO

Sinos tocaram em Braga para festejar classificação do Bom Jesus como Património Mundial

A decisão de incluir estes dois monumentos e o museu ocorreu na 43.ª Sessão do Comité do Património da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO), que está a decorrer em Baku, no Azerbaijão, até quarta-feira.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, considerou que a inscrição destes monumentos e museu na Lista do Património Mundial da UNESCO é motivo de "grande regozijo para todos os portugueses", enquanto o primeiro-ministro, António Costa, disse que se trata de "mais um motivo de grande orgulho" para Portugal.

O Ministério dos Negócios Estrangeiros assinalou as novas inscrições portuguesas na lista do Património Mundial da UNESCO, destacando que Portugal passa a dispor de 17 bens inscritos na prestigiada lista.

Reconhecimento da UNESCO chega ao Museu Machado de Castro seis anos depois

“É um dia muito feliz para Portugal, somos ricos em património cultural”

A ministra da Cultura, Graça Fonseca, destacou as distinções da UNESCO a Portugal, "que reconhecem a diversidade de dois magníficos monumentos portugueses, testemunhos vivos da nossa história", parabenizado todos os que trabalharam para esta distinção.

"Uma epifania de D. João V" classificada Património Mundial

Entrevista ao Diretor do Palácio Nacional de Mafra.

A lista

As inscrições deste domingo juntam-se ao Mosteiro dos Jerónimos e Torre de Belém, em Lisboa; ao Convento de Cristo, em Tomar; ao Mosteiro da Batalha; à Zona Central da Cidade de Angra do Heroísmo, nos Açores; ao Centro Histórico de Évora; ao Mosteiro de Alcobaça; à Paisagem Cultural de Sintra; ao Centro Histórico do Porto; à Ponte Luiz I e ao Mosteiro da Serra do Pilar, bem como aos Sítios Pré-Históricos de Arte Rupestre do Vale do Rio Côa e de Siega Verde.

A lista da UNESCO em Portugal integra ainda a Floresta Laurissilva, na Madeira, o Alto Douro Vinhateiro e Centro Histórico de Guimarães, a Paisagem da Cultura da Vinha da Ilha do Pico, bem como a Cidade-Quartel Fronteiriça de Elvas e suas Fortificações.

Com Lusa

  • A saga do prédio Coutinho
    6:43
  • Descobrir as rotas do Alentejo
    14:59
  • Cepas da Serra
    10:16