Cultura

"A primeira vez que vi o José Mário foi o Carlos do Carmo que mo apresentou"

"A primeira vez que vi o José Mário foi o Carlos do Carmo que mo apresentou"

Camané recorda o momento em que conheceu o colega e, mais tarde amigo, José Mário Branco. À SIC, o fadista recorda um homem que sempre viveu da palavra.

Conheceram-se no Bairro Alto por intermédio de Carlos do Carmo. Camané tinha uns 18 ou 19 anos, na altura. Depois disso, o José Mário Branco foi ouvi-lo cantar n'"O Faia"; conversaram sobre fado e logo começaram a trabalhar juntos.

  • "Ele deu-me um soco! É uma vergonha": treinador do Belenenses SAD admite que foi agredido
    0:36