Cultura

Bruxelas dá luz verde a projeto da Warner e Universal para mercado dos DVD

Yves Herman

Comissão Europeia autorizou a criação de uma empresa conjunta entre a Warner Bros e a Universal.

A Comissão Europeia autorizou esta terça-feira a criação de uma empresa conjunta entre a Warner Bros e a Universal, que visa atuar no fabrico e distribuição de conteúdo físico de entretenimento, como filmes em discos DVD.

Em comunicado, o executivo comunitário dá conta desta luz verde ao projeto das gigantes norte-americanas da área do entretenimento, justificando que "a transação proposta não suscita preocupações de concorrência, uma vez que a joint venture não possui atividades atuais ou previstas para o Espaço Económico Europeu", embora depois deva comercializar para o espaço comunitário.

Bruxelas explica na nota que, de acordo com a informação dada pelas companhias, esta empresa conjunta "atuará no fabrico e distribuição de conteúdo físico de entretenimento, como DVDs, discos Blu-ray e 4K UHD", estando centralizada nos Estados Unidos e no Canadá.

A aprovação surge numa altura que a procura por este tipo de conteúdos em formato físico está a decrescer em todo o mundo, com os utilizadores e privilegiarem serviços de streaming, isto é, de distribuição digital de filmes e séries.

O objetivo das gigantes Warner Bros e Universal é, assim, trabalhar e recuperar este nicho de mercado.

SIGA AQUI AS ÚLTIMAS INFORMAÇÕES SOBRE A PANDEMIA DE COVID-19