Cultura

Festival de Cinema de Veneza abre com um filme da casa

"Lacci" (Laços), do italiano Daniele Luchetti, na abertura do festival que decorre entre 2 e 12 de setembro.

"Lacci", do italiano Daniele Luchetti, é o filme de abertura do 77.º Festival Internacional de Cinema de Veneza, que decorre em setembro naquela cidade no Norte de Itália, foi hoje anunciado.

De acordo com a organização do festival, num comunicado hoje divulgado no qual anuncia que "Lacci" será o filme de abertura, fora de competição, desta edição, "passaram-se onze anos desde a última vez em que um filme italiano abriu o Festival Internacional de Cinema de Veneza".

Segundo o diretor do festival, Alberto Barbera, o novo filme de Daniele Luchetti foca-se na "anatomia da coexistência problemática de um casal (interpretados por Alba Rohrwacher e Luigi Lo Cascio) , que luta contra a infidelidade, chantagem emocional, sofrimento e culpa, com um mistério adicional que só é revelado no final".

A ação de "Lacci", cujo argumento parte do livro com o mesmo nome (em português "Laços"), do escritor italiano Domenico Starnone, desenrola-se na década de 1980 em Nápoles.

Para Alberto Barbera, este filme "é também um sinal da fase promissora do cinema italiano de hoje, continuando a tendência positiva verificada nos anos mais recentes, que a qualidade dos filmes convidados para o festival certamente comprovará".

Daniele Luchetti realizou, entre outros, "O homem da pasta" (1991), protagonizado por Nanni Moretti, e "O meu irmão é filho único" (2007), com Elio Germano e Riccardo Scamarcio.

O 77.º Festival Internacional de Cinema de Veneza decorre entre 02 e 12 de setembro.

Anteriormente já tinha sido anunciado que, nesta edição, a realizadora Ann Hui e a atriz Tilda Swinton vão ser distinguidas com o Leão de Ouro de Carreira.