Cultura

Profissionais da cultura protestam em Lisboa por respostas para o setor

Deixaram ainda uma carta ao primeiro-ministro.

Os trabalhadores da cultura concentraram-se na tarde desta terça-feira junto ao Palácio da Ajuda, em Lisboa, para exigir respostas para o setor na sequência da crise económica provocada pela pandemia.

O protesto foi organizado pela plataforma Convergência para a Cultura para exigir a revisão do estatuto de trabalhador independente e a criação do estatuto de intermitência.

Os manifestantes deixaram uma carta ao primeiro-ministro a pedir soluções, deixando de fora a tutela.

Antes do protesto, o Ministério da Cultura emitiu um comunicado em que lembra as medidas que já foram tomadas.