Cultura

Madonna celebra o que nunca na música um artista alcançou

Madonna celebra o que nunca na música um artista alcançou
Kevin Winter/Getty Imagens
A rainha do Pop chegou ao topo da tabela Dance Club pela 50.ª vez, tornando-se no primeiro e único artista a ter 50 “Nº1” numa tabela Billboard.

Aos 64 anos de idade e 40 de carreira, Madonna continua a fazer história no mundo da música. Nunca até hoje um artista alcançou o feito de chegar ao topo da tabela Dance Club pela 50.ª vez. Mas a rainha do Pop tornou-se "no primeiro e único artista a ter 50 'Nº1' numa tabela Billboard".

E para celebrar este feito, Madonna lançou esta sexta-feira duas novas compilações: "Finally Enough Love: 50 Number Ones" que inclui 50 faixas, entre as quais as remixes favoritas da cantora e que tocaram durante quatro décadas em discotecas em todo o mundo, e "Finally Enough Love", uma versão mais curta com 16 faixas.

"50 NUMBER ONES abarca todo o reinado de Madonna nas tabelas de música de dança. Além das músicas favoritas dos fãs, a compilação inclui uma seleção de remixes raras, sendo 18 as que são agora lançadas oficialmente pela primeira vez"

A promessa é de "mais de 220 minutos de remixes", cujo alinhamento "segue praticamente uma ordem cronológica, numa amostra das muitas reinvenções musicais que fizeram de Madonna um ícone internacional".

Entre as faixas destacam-se “Holiday” (1983), “I Don’t Search I Find” (2019), além de remixes de DJs e produtores mundiais, como Shep Pettibone, William Orbit, Honey Dijon e Avicii.

Este é mais um marco histórico na carreira da rainha do Pop que conta com 64 milhões de discos vendidos e 28 nomeações para Grammys.

Últimas Notícias
Mais Vistos